Poucas coisas podem ser piores do que não saber como organizar a vida financeira. O dinheiro entra e, em poucos dias, some sem deixar rastros. E o pior: sem entender para onde seus rendimentos estão indo.

Mas se você está passando por essa situação, fique tranquilo. Ela é totalmente contornável. Para isso, separamos alguns passos que vão auxiliar muito nessa tarefa. É hora de tomar o controle do seu orçamento novamente. Vamos lá!

Estabeleça objetivos para o ano ou próximos meses

Uma grande dificuldade enfrentada por quem não sabe como organizar a vida financeira é conseguir enxergar a médio e longo prazo. Essa visão permite que você defina objetivos para os próximos meses e, se necessário, anos.

Fazendo uma simples comparação fica ainda mais fácil entender. Imagine duas situações:

  1. Organizar sua vida financeira apenas para quitar dívidas e sobrar uma graninha no fim do mês.
  2. Traçar uma ou mais metas, como a compra de um carro, um imóvel, um eletrodoméstico ou fazer aquela viagem que você tanto sonha. Aí, sim, organizar sua vida financeira para alcançar esses objetivos com tranquilidade.

Quais desses dois cenários parece mais agradável? Certamente o número dois. Por isso esse é o primeiro passo que precisa ser dado em busca da estabilidade financeira. Dessa forma você terá motivos sólidos para cuidar com ainda mais carinho do seu dinheiro.

A velha e boa planilha de gastos sempre funciona

como organizar a vida financeira

Objetivos definidos? Então vamos ao segundo e importantíssimo passo.

Você já deve ter ouvido falar na planilha de gastos. Ela pode ser feita de várias formas e muita gente a usa como forma de organizar a vida financeira. Um arquivo de Excel, Google Planilhas ou até mesmo um caderninho. Tanto faz! O importante é você mantê-la sempre atualizada.

Nesta planilha devem estar todos os seus rendimentos, gastos, investimentos, enfim, tudo que envolve dinheiro. Assim você consegue controlar todas as suas movimentações e organizar sua vida financeira.

Veja abaixo um exemplo de planilha:

como organizar a vida financeira

E se você quer ter sua planilha à mão sempre que precisar, existem diversas opções de aplicativos para celular. GuiaBolso, Organizze, Minhas Economias, enfim, basta acessar a Google Play Store no seu android, ou a Apple Store no seu iPhone, e escolher.

Determine limites para suas despesas

Com a sua planilha de gastos em mãos, e suas despesas devidamente separadas por áreas (alimentação, saúde, transporte, lazer, etc), é hora de definir limites. Essa é a hora de elencar prioridade pensando nos seus objetivos, conforme falamos na primeira dica.

É preciso ter em mente que não tem como organizar a vida financeira sem determinar limites para suas despesas. Criando esse teto e o seguindo à risca você evitará gastos extras e inesperados, mantendo assim o controle total do seu orçamento.

Muito cuidado com cartão de crédito e cheque especial

como organizar a vida financeira

Essa dica parece até “chover no molhado”, mas muita gente ainda se perde no uso do cartão de crédito e do cheque especial. Essas possibilidades não precisam ser abolidas da sua vida, basta usá-las com responsabilidade.

O ideal é usar apenas o que você pode pagar no próximo mês, sempre respeitando os limites determinados na sua planilha de gastos. Assim você não corre o risco de entrar no rotativo do cartão, por exemplo. Os juros por atraso são altíssimos, e é nesse momento que a coisa pode virar uma bola de neve.

Ter um cartão é legal, sim, para fazer compras online ou até mesmo parcelar uma compra de valor mais alto. Se esses gastos estiverem dentro do seu orçamento e forem pagos em dia, não surgirão problemas.

Sabe aquele valor que você separou para “lazer” na sua planilha?

Que tal fazer algumas “porções” para gastar durante o mês? Digamos que você separou 300 reais para sua diversão em março. Faça um teste e fracione esse valor, por exemplo, da seguinte forma:

Semana 1 = R$100,00
Semana 2 = R$50,00
Semana 3 = R$100,00
Semana 4 = R$50,00

Fazendo isso, você terá dinheiro disponível para se divertir o mês inteiro sem correr o risco de gastar tudo ou boa parte já na primeira semana. Talvez no começo seja um pouquinho complicado, mas com o tempo essa prática acaba virando hábito para quem está buscando formas de como organizar a vida financeira. Teste e conte pra gente o que achou da dica!

Invista ou guarde assim que puder

Agora que você já sabe como organizar sua vida financeira, é hora de ir além. Com o orçamento bem definido e os gastos controlados vem o momento de investir. Sobrou uma graninha, por menor que seja, no fim do mês? Experimente colocá-la em uma conta poupança.

Com o passar dos meses, ou quem sabe dos anos, você terá um bom valor guardado. Esse dinheiro pode ser usado numa possível emergência ou, é claro, para colocar em prática os seus objetivos, dos quais falamos no início do post.

E aí? Não é tão difícil, não é mesmo? Com organização e um pouco de paciência seu dinheiro vai render bem mais e suas metas serão alcançadas. Conte para nós como está sendo a experiência após colocar em prática essas dicas.

Ahh! E se você quer valorizar e economizar ainda mais o seu dinheiro, baixe agora o “Manual Mueller para a escolha de novos eletrodomésticos” gratuitamente. Nesse material damos várias dicas para quem está pensando em trocar um ou mais eletrodomésticos de casa.