Muitos momentos felizes são construídos ou lembrados durante as refeições. Um almoço em família, um jantar entre amigos, seja qual for a ocasião, boas risadas e conversas gostosas sempre surgem quando estamos com quem amamos em volta de uma mesa.

E essas frações do cotidiano podem ser ainda mais agradáveis. Tudo irá depender da sua criatividade na hora de cozinhar, decorar o ambiente e, como você deve imaginar, arrumar a mesa.

O que pode ser mais saboroso do que aquela tradicional receita de família, preparada com muito carinho e servida em uma mesa caprichosamente arrumada?

Pensando em ajudar você a criar ainda mais momentos como esses, preparamos algumas dicas bem interessantes para serem utilizadas na hora de arrumar a mesa. Colocando elas em prática, nós garantimos: cada refeição será um novo cenário para novas histórias.

Puxe uma cadeira e aproveite!

Antes de tudo, defina que sensação você quer passar aos seus convidados!

Para arrumar a mesa de uma forma em que tudo harmonize naturalmente, é preciso saber exatamente o que você quer antes de colocar a mão na massa. A linha entre a organização e o excesso, neste caso, é bem próxima. Por isso, é preciso cuidado para não transformar o momento de refeição em uma cópia atrapalhada de um jantar do século XV.

O que queremos dizer com isso? Simples! Tenha foco em uma ideia central. Imagine a atmosfera que você quer criar para receber seus convidados. A partir daí, defina as cores, texturas, formato da louça, enfim, tudo o que será necessário para deixar a sua mesa bonita e aconchegante.

Definido o conceito, fica muito mais fácil de arrumar a mesa de um jeito em que o café da manhã, o almoço ou o jantar seja um momento inesquecível para você e todos os presentes.

Arrumar a mesa

Toalhas, jogos americanos e sousplat

Já definiu a ideia central para a ocasião? Então agora está na hora de começar a arrumar a mesa de fato. E a dica é iniciar pela base de tudo, ou seja, decidir se você vai utilizar uma toalha, um jogo americano, sousplat ou alguma combinação entre eles.

Neste momento, é preciso começar a casar as cores. Ou seja, digamos que você esteja pensando em arrumar a mesa com tons de azul e cinza. Escolhendo a toalha ou o jogo americano com predominância do azul, consequentemente, o ideal será apostar no cinza para os pratos. E vice-versa.

Sobre as combinações entre um e outro, vai da sua criatividade. Uma bastante utilizada é a de jogos americanos com os sousplat. A ausência de uma toalha por baixo deixa a mesa bastante moderna e clean.

Arrumar a mesa

Abuse com moderação dos acessórios

Fugir do trivial é sempre uma ótima escolha. Portanto, aposte em objetos que vão além das louças e talheres. Arranjos de flores, guardanapos diferentes, velas, castiçais, enfim, deixe a sua imaginação fluir.

Mas lembre-se! Como dito nas dicas acima, é preciso manter uma coerência na hora de arrumar a mesa. Não queira colocar de tudo, no fim das contas, o único resultado será um ambiente carregado e pouco usual. Mantenha-se dentro da sua ideia inicial, não fuja da paleta de cores e não exagere.

Arrumar a mesa

Ao arrumar a mesa, menos é mais. Sempre!

Certamente você deve ter notado nas três primeiras dicas que o exagero não é indicado para quem deseja arrumar uma mesa com sofisticação. Como em quase tudo na vida, menos é mais.

Sendo assim, procure sempre manter tudo harmonizado, e não esqueça: o foco da sua mesa deve ser a refeição e as pessoas, não os objetos. Arrisque, confie em seus gostos pessoais, brinque com as cores e texturas, mas nunca exagere.

Arrumar a mesa